XI Festival da Mata Atlântica & VIII Semana do Mar

De 22 maio à 11 junho de 2022
na Sede do Instituto Neos nos dias 22 e 28 de maio e 04 e 05 de junho! Além de encontros pontuais durante todas as semanas.

Ubatuba terá, mais uma vez, uma programação de eventos em comemoração ao “XI Festival da Mata Atlântica de Ubatuba e a VIII Semana do Mar do Aquário de Ubatuba, Instituto Argonauta e Fundação Projeto Tamar”.

O evento, que anualmente celebra o Dia Nacional da Mata Atlântica (27/5) e os Dias Mundiais do Meio Ambiente (5/6) e dos Oceanos (8/6), acontece de 22 de maio a 11 de junho e é uma realização conjunta da Prefeitura de Ubatuba, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Educação;  Fundação Projeto Tamar,  Instituto Argonauta, Aquário de Ubatuba, Associação Coaquira, Instituto PROFAUNA e Instituto Neos, além, de contar com o apoio de voluntários.

Serão realizadas palestras, oficinas, mesas redondas, exposições e atividades de campo, entre outras atrações culturais.

Os eventos acontecerão de forma híbrida – presencialmente e online – em diversos espaços e horários. Em breve, será disponibilizada a programação na íntegra.

https://www.ubatuba.sp.gov.br/noticias/festivalmatatlantica22/

Dado o atual momento político do país, e planetário, encontros como esses são também oportunidades do fomento de trocas de idéias sobre a agenda 2030 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e possíveis modelos regenerativos de se viver no mundo, temas relevantes que estão integralmente ligados ao propósito e ações do Instituto Neos nos últimos 5 anos de atuação na região norte de Ubatuba.


Historicamente, a comemoração do renomado Festival da Mata Atlântica e Semana do Mar acontece na região central de Ubatuba e para o ano de 2022 o núcleo de Biodiversidade do Instituto Neos âncora atividades e palestras da programação do Festival na sede, situada na praia do Estaleiro. O evento tem duração de 3 finais de semana!

Aos sábados a programação se dará na sede. Pela manhã teremos rodas de conversa em torno de um tema sugerido, com convidados e participação do público. Com pausa para almoço e retorno a programação com atividades práticas na sede ou no entorno (a depender do proponente). Haverá a possibilidade de almoço servido na área gastronômica do Instituto que estará disponível ao público durante todo o dia.


Em paralelo a programação do Festival o Instituto Neos oferece a Feira Semeia, oportunidade de conhecer os produtos artesanais locais, de impacto mínimo à natureza, onde também terá espaço para a Troca de Sementes Crioulas. Ao fim do dia celebraremos com cerveja artesanal local e quitutes do Bistrô ao som de um grupo artístico local, com intervalos do palco aberto à expressão artística do público. Os domingo serão dedicados a saídas e visitas a projetos no entorno e/ou ações de impacto ambiental na região. 

Encontro Mulheres na Cultura Popular

Querida rede, esse vídeo é da Ana Risada. As imagens foram captadas durante os dias de realização do projeto  Mulheres na Cultura, idealizado pela Carla Natureza, que teve como convidada especial desta edição Ana Maria Carvalho e foi sediado no NEOS.

Essa bela edição resgata a memória de momentos muito especiais da nossa história enquanto Instituto. É um registro da (re)conquista de espaço, das alianças se fortificando, um trabalho se estruturando e a realização de um sonho!

Há 5 anos quando o grupo se juntou e começou a desenvolver o Instituto, o nosso desejo foi juntar a comunidade local, compartilhar da cultura tradicional, estar entre crianças, jovens e adultos, na natureza, com cuidado e viver e transmitir o essencial da vida!

Agradecemos a cada pessoa que faz parte dessa história!

Agradecemos a Carla Natureza e equipe que trouxeram o projeto pelo Proac para ser realizado na nossa sede, a Ana Maria Carvalho pelo encanto,  ao Divino que nos trouxe a honra da presença, ao Instituto Capiá e Edi que possibilitaram a chegança de alguns jovens do Quilombo da Fazenda, representantes do Jongo, a Luiza integrante do FCT,  mas que agarrou pessoalmente a jovenzada do Prumirim e trouxe pro festejo, a Monalisa que trouxe crianças do Quilombo do Campinho, as irmãs de Paraty que somaram na Ciranda, as irmãs de Ubatuba que chegaram somando na “vadiagem” da Capoeira. Ao Ipema que cedeu a tenda para nos proteger da possível chuva que só caiu na última hora do último dia! A FundArt que cedeu a van que trouxe parte da garotada. A todos que atenderam ao chamado e estiveram presentes! A nós mesmos por não desistirmos dos desafios que se apresentam diariamente.

Compartilhamos dessa memória com todos os seres sensíveis que se dedicam a  fazer momentos como esse acontecer no nosso país (não é moleza!)

Para tempos onde a compaixão, a tolerância, o amor e a paz precisam ser muito cultivados!🌿

Seguimos tecendo e agradecemos!

Brota a Semente, terceiro projeto financiado pela Universidade de Bristol, UK.

Estamos a pleno vapor no desenvolvimento de um novo projeto, chamado SEMENTE.


Com nosso parceiro na área Tecnologias: Felipe Fonseca, fomos contemplados com o terceiro financiamento pela Universidade de Bristol para darmos seguimento ao tema Tecnologia e Comunidade.

Dessa vez o intuito é produzir um guia interativo para trazer/construir/refletir em comunidade o papel da tecnologia, culminando numa exposição e uma nova edição do festival TROPIXEL.

Serão 4 dias de imersão no tema e a oportunidade de aprofundarmos num histórico de projetos de inclusão digital, trabalharmos vocabulários de articulação no tema, princípios de como ancorar futuros investimentos em inclusão digital no Brasil, assim como dialogar o significado do educar/informar projetos tais na sociedade.

Além disso o Instituto Neos segue na articulação com alguns atores do território e entidades Municipais para a realização de atividades regulares e gratuitas de arte e cultura em nossa sede voltadas a atender a comunidade local.


As melhorias na sede estão em andamento com a ampliação do número de banheiros, reforma da sede administrativa, espaço gastronômico com produtos locais e sala de mídias/co-working.

Projeto “Mulheres na Cultura” – fevereiro 2022

Retiro de Carnaval Huni Kuin

Imensa alegria ter mais uma oportunidade de receber a BUNKE @bunkehunikuin, dessa vez acompanhada da filha Nixiani e a sobrinha Uma.

Durante o dia tivemos muitos deliciosos e profundos encontros.

Começamos com as pinturas corporais com jenipapo e urucum.


As noites forão para aprofundamento nas medicinas da floresta com as cerimônias durante toda a noite.

Bunke é uma grande representação feminina do seu povo. Ela é liderança da aldeia Boa Vista, artesã primorosa e é vanguarda na oportunidade de sair da aldeia e colocar sua voz e medicinas no mundo, e levar consigo outras mulheres também.

HAUX

Mulheres da Cultura Popular: Vozes, versos e gingas

O projeto “Mulheres da Cultura Popular: Vozes, versos e gingas” aconteceu na sede do Instituto Neos nos dias 12 e 13 de fevereiro, reunindo culturas populares em uma programação com atividades lúdicas para todas as idades.

Vivênciamos ritmos, vozes e versos da Capoeira Angola através das oficinas práticas que trouxeram a expressividade e os movimentos da Capoeira Angola experienciados de maneira lúdica e livre com a guiança da Carla Narureza.

Recebemos crianças e jovens de diferentes idades e locais da região de Ubatuba. E contamos com grupos do Quilombo da Fazenda, da comunidade do Prumirim e do Quilombo do Campinho.

As oficina com Ana Maria Carvalho proporciona aos participantes uma vivência lúdica do brincar na cultura popular.

E mais uma vez a experiência de se colocar em roda, desta vez com a expressão popular da Ciranda. Seguimos em cortejo até desaguando nas águas do mar.

Recebemos de presente a visita do cortejo do Divino na sede! Canto e rezo para abençoar nosso Centro Cultural!

》 Projeto beneficiado pelo PROAC Editais, programação livre e gratuita.

@anaculturalcarvalho
@carlanatureza

#capoeiranagola #culturapopular #culturatradicional #praiadoestaleiro aleiro #bumbameuboi #ladainha

Campanha Cuidar é Resistir – Fase 2/ Entrega 1

Iniciamos o ano vibrando abundância! A segunda quinzena de janeiro foi movimentada por aqui. Iniciamos mais uma etapa da campanha Cuidar é Resistir, do Fórum de Comunidades Tradicionais da qual somos doadores e apoiadores na logística.
Serão cerca de 140 comunidades caiçaras, indígenas e quilombolas impactadas pela pandemia do covid-19. Desde Ilhabela, São Sebastião como Paraty e Angra e etc.
Nosso papel nessa segunda fase foi sobretudo nas entregas da região Norte, onde nos localizamos, isso é Cambori, Picinguaba, Quilombo da Fazenda, Estaleiro, Ubatumirim, Aldeias, Prumirim, Félix, Puruba, Itamambuca. Além de ser base do armazenamento das cestas para as regiões do sul.
Ao todo serão 7mil famílias beneficiadas com cerca de 20mil cestas básicas enriquecidas com pescado e produtos agroecologicos.

Seguimos somando nas ações que fazem a diferença positivamente pelo nosso planeta: Cuidar é uma delas!

Se você apoia o projeto do Instituto Neos, você apoia essa campanha!

AGRADECEMOS!

*arquivos de fotos pessoais e fct

Agradecemos à todos os envolvidos

Mais sobre a campanha:
http://www.preservareresistir.org

#pandemia#covid#campanhacuidaéresistir #fct #institutoneos #coletivoneos #Estaleiro #ubatumirim #quilombofazenda #doações

O portinho Guaiamum

Para o início do verão de 2022 avançamos nos preparos do portinho e dos espaços de camping para a temporada de férias.


As imagens registram as primeiras intervenções das estruturas que estão sendo feitas para acolher as barracas de camping. e receber nossos visitantes com mais conforto após a vinda da praia e os passeios náuticos.

Em breve o deck estará coberto e aí será um rancho para armazenamento de equipamentos náuticos náuticos afins. O espaço prevê encontros com as crianças e jovens locais para troca de aprendizagens relativos ao tema Náutica.

Encerramento de Ciclo do projeto Jardim

Esta semana encerramos a primeiro ciclo do nosso querido Jardim Neos!!! As crianças e suas famílias celebraram a luz , a alegria e a magia da vida!!! Inspirados na cultura popular brasileira e nos presépios encantados, as crianças prepararam casas e berços para receber o menino luz, guiado pelas estrelas! Celebramos a regeneração planetária, plantando uma árvore nativa da Mata Atlântica, o Ingá! Agradecemos as famílias que acreditaram nesse sonho e somaram conosco nessa realização, desde as que já passaram, iniciando o ciclo, desde as que permaneceram ou se achegaram e encerramos juntos! Gratidão a todos os corações, que de perto ou de longe nos inspiraram e nos deram força nesta jornada!!! Em especial as crianças: Aion, Aurora, Anouk, Arumã, Caio, Iara, Iom, Michael, Serena, Tarissa, Zion *nas imagens: a equipe pedagógica, nosso altar da Festa da Estrela e algumas das crianças brincando e plantando o Ingá na sede do Neos.